ESTADOS ALTERADOS

ESTADOS ALTERADOS (Rodrigo Gontijo, 2018)

Livros variados sobre contracultura, expansão da consciência e cinema expandido; luminária; projeção de pontos de luz em movimento sobre um cacto Wachuma (planta utilizada pelos indígenas do Altiplano Andino para rituais sagrados – também conhecida como cacto de San Pedro).

ESTADOS ALTERADOS

A década de 1960 é marcada pelo esgotamento das grandes ideologias, onde as preocupações deixaram de ser apenas sociais e se tornaram também pessoais. O indivíduo voltou-se a si mesmo, buscando um autoconhecimento através de filosofias,  religiões orientais e drogas lisérgicas. Neste mesmo instante, tendo o cinema como uma metáfora do aparelho psíquico, foi que a imagem em movimento também se expande e finalmente se liberta da sala escura, fixando-se em outras paragens, como por exemplo o cubo branco. Foi neste instante em que a expressão cinema expandido, numa alusão a mente expandida, passou a ser utilizada por Jonas Mekas, Stan Vanderbeek e Carolee Schneemann. E numa época em que se buscavam outras formas de ver e perceber o mundo, Gene Youngblood apontou o cinema expandido como um reflexo da consciência numa forma encontrada para “manifesta-la para fora da mente, na frente de seus olhos”. ESTADOS ALTERADOS propõem uma reflexão sobre cinema expandido e a expansão da consciência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s